sábado, 13 julho, 2024
Ultimas noticias

Janeiro Branco: campanha reforça a importância do cuidado com a saúde mental

Psicóloga do HSJosé fala sobre este período importante do ano e as formas de cuidado para garantir ainda mais qualidade de vida e bem-estar

 

O primeiro mês do ano, já ficou reconhecido por ser um período onde são disseminadas ainda mais as informações e a importância do cuidado com a saúde mental. “Quem cuida da mente, cuida da vida” é o principal propósito trabalhado em 2024 na campanha de Janeiro Branco. A ideia é promover uma reflexão no primeiro mês do ano sobre que ações estão sendo tomadas para cuidar da saúde mental e da saúde emocional.

“É tradição que no início do ano seja tirado um tempo para pensarmos em tudo que queremos modificar ao longo do ano. Promessas são feitas como: ‘vou emagrecer 5 quilos’, ‘vou guardar dinheiro’, ‘comprar um carro’, e por aí vai. Mas, em primeiro lugar, devemos refletir sobre nosso cuidado, quais ações estamos tomando para termos uma rotina saudável, equilibrada, quais emoções prevaleceram nesse último ano e como essas emoções interferiram na nossa qualidade de vida”, esclarece a psicóloga do HSJosé, Larisa Vieira.

De acordo com a psicóloga, quando algo não está correto, a mente e o corpo demonstram. “Devemos conseguir interpretar esses sinais para que não acabe resultando em crises ou transtornos. Algumas ações implicam em uma boa saúde mental: reconhecer seus próprios limites, se alimentar bem, praticar atividade física ao ar livre (uma caminhada), refletir sobre suas ações no final do dia, conversas positivas em seus relacionamentos, assistir/ouvir boas notícias e, caso necessário, procurar ajuda de um especialista”, afirma a psicóloga.

O importante é estar atendo aos sinais e cuidar de si para estar bem. “Em resumo, a saúde mental está associada a qualidade de vida, em bem-estar, em como o indivíduo irá reagir mediante a situações da vida, sua capacidade de adaptação, como lida com seus gatilhos emocionais, com suas emoções, não deixando o ambiente que vive ser fator para qualidade emocional. O que você pode fazer por você hoje?”, finaliza Larisa.

 

colaboração: Jéssica Pereira

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis