“Aumento é legal, mas imoral”, diz equipe do Procon de Içara

O aumento dos combustíveis, em todo o país, efetivados nesta sexta-feira (11) é, segundo José Silvano, membro da equipe do Procon de Içara, legal, mas imoral. “Fazendo uma breve análise, a legislação não proíbe esse aumento. Ele está caracterizado como imoral, como enriquecimento de forma vantajosa, uma vez que a população já está situação bastante delicada, principalmente no que diz respeito a área econômica. Mas a legislação não impede. Infelizmente”, explica.

Silvano também comenta que, neste primeiro momento, o aumento foi identificado enquanto consumidor. “A alta nos combustíveis foi sentida, hoje, enquanto consumidor, mas ontem recebemos muitos vídeos e imagens de consumidores mostrando as filas” contou acrescentando que o levantamento oficial do Procon será feito na segunda-feira (14). “Na próxima semana faremos um levantamento para averiguar possíveis irregularidades. Caso sejam identificadas, as irregularidades, vamos montar um relatório e enviá-lo para o Procon Estadual, pois a situação não é algo identificado apenas em Içara. Hoje, ainda é prematuro fazer qualquer tipo de coleta de dados”, assinalou.

Aumento

O aumento médio, em Içara, percebidos em um breve levantamento feito pela Redação do Içara News apontam: a gasolina comum passou de 5,71 para 6,88; o diesel comum passou de 5,29 para 6,47; e o gás de cozinha deve ter acréscimo entre R$ 12,00 e R$ 20,00 para o consumidor.

Colaboração: Alexandra Cavaler

Gostou da notícia então compartilhe:

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis