“Mulher viver sem violência” chega a Esplanada e Boa Vista

“Ele começou com agressão verbal, me xingava, dizia que eu tinha relacionamentos extra-conjugais. Depois começaram as agressões físicas, socos, pontapés. Isso me cansou e me levou a procurar os serviços do Creas. Fui acolhida e elas me encaminharam para a realização da denúncia e para os serviços oferecidos pela Secretaria de Assistência Social do município. Hoje eu vejo uma esperança para o meu futuro. Quero voltar a estudar para poder trabalhar”, coloca Maria*, de 26 anos, usuária do Creas de Içara.

Este é um dos 67 casos de violência registrados no município, de acordo com levantamento do Centro Especializado de Assistência Social (Creas). Felizmente, estas realidades estão sendo transformadas por meio dos serviços oferecidos pelo órgão. Pensando em aproximar estes serviços da população rural, as comunidades de Boa Vista e Esplanada receberão o projeto “Mulher viver sem violência”, nesta quinta e sexta-feira, dias 26 e 27. O projeto, do Governo do Estado, disponibilizará um ônibus que ficará nas comunidades, ofertando informações e atendimento contra a violência.

As cidadãs poderão ter acesso a informações e consultas com psicólogos, assistentes sociais e advogados, das 13h às 17h. No dia 26 a ação acontece no bairro Boa Vista, já no dia 27 o mesmo acontece no bairro Esplanada. Na oportunidade, o psicólogo da Secretaria de Assistência Social de Içara, Luis Claiton Medeiros Ehlers, proferirá a palestra “Novas possibilidades para a minha história”. Já a vereadora e advogada Edna Benedet irá explanar sobre os direitos da mulher. A Polícia Militar apresentará os números de violência contra a mulher no município e profissionais da área da Saúde esclarecerão as participantes sobre as diversas formas de violência.

 

Colaboração: Imprensa PMI

Gostou da notícia então compartilhe:

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis