Quaresma inicia nesta quarta com celebrações e imposição das cinzas  

A quaresma é o período de reflexão em preparação para a Páscoa do Senhor - Foto: Divulgação

Por Alexandra Cavaler

 

No período, também é vivenciado no Brasil, a Campanha da Fraternidade que, neste ano, convida a refletir sobre “Fraternidade e Amizade Social”

 

A quarta-feira de Cinzas representa o primeiro dia da quaresma, data em que a Igreja Católica celebra missas com o gesto de imposição das cinzas como sinal de penitência, no sentido de conversão. A quaresma também é um período de reflexão em preparação para a Páscoa do Senhor. É um dia de jejum e abstinência de carne; e um símbolo do dever da conversão e da mudança de vida, para recordar a passageira fragilidade da vida humana, sujeita à morte.

 

No mesmo dia inicia a preparação para a Páscoa. Após a Missa, o sacerdote abençoa e impõe as cinzas feitas de ramos de oliveira abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior. Estas são impostas fazendo o sinal da cruz na testa e dizendo as palavras bíblicas: “Lembra-te que és pó e ao pó retornarás” ou “Convertei-vos e crede no Evangelho”. Desta forma, a cinza é um sinal de humildade e recorda ao cristão sua origem e seu fim. A Quaresma termina na quinta-feira Santa. Nesse dia, a Igreja recorda a Última Ceia do Senhor, quando Jesus compartilhou a refeição pela última vez com seus apóstolos antes de ser crucificado na sexta-feira Santa.

 

Em mensagem divulgada no início do mês, para a quaresma, e sobre o tema “Através do deserto, Deus guia-nos para a liberdade, o Papa Francisco reconhece que a humanidade de hoje atingiu “níveis de desenvolvimento científico, técnico, cultural e jurídico capazes de garantir dignidade a todos”, mas o risco é que, sem rever os estilos de vida, se caia na “escravidão” de práticas que arruínam o planeta e alimentam as desigualdades.

 

O Santo Padre inicia o texto com um versículo do Livro do Êxodo: “Eu sou o Senhor, teu Deus, que te fiz sair da terra do Egito, da casa da servidão”. “Assim inicia o Decálogo dado a Moisés no Monte Sinai”, escreve o Papa, acrescentando que “quando o nosso Deus se revela, comunica liberdade”.

 

Reitor do Santuário fala da importância do período

 

Padre Joel Sávio, reitor do Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio, de Nova Veneza, fala da importância do período quaresmal. “A data da Quaresma é muito importante para os católicos, pois ela marca a preparação para a celebração da Páscoa. São 40 dias em que nós nos preparamos, fisicamente, espiritualmente, para celebramos a ressurreição de Cristo. Então, para nós católicos é um tempo oportuno, um tempo de graça, em que a gente prepara a grande festa católica que é a Páscoa de Jesus”.

 

O reitor ainda ressalta que a quaresma é o tempo que temos de buscarmos a confissão sacramental, de fazermos algum propósito pessoal de mudança de vida, de nos voltarmos especialmente para a espiritualidade da misericórdia. “A quaresma é esse tempo oportuno de mudança, de conversão de vida. Então é importante sim fazer esse grande retiro”, disse padre Joel, detalhando a quarta-feira de cinzas. “A cinza lembra, especialmente, a transformação. Porque um galho, uma folha, um ramo, um tronco é pelo fogo transformado em cinza, ou seja, a cinza é a prova da mudança. Quando nós colocamos essa cinza sobre o penitente, nós lembramos dessa dimensão da transformação e também para lembrar da finitude. Como pó da cinza, nós também somos pó e por isso é importante que a gente esteja sempre preparado, sempre pronto para essa transformação pessoal”.

 

Para concluir, o reitor do Santuário fala de espiritualidade.  “A gente deseja que realmente esse tempo quaresmal seja um tempo de aprofundamento, um tempo de encontro com a espiritualidade, com a misericórdia do Senhor, que não seja só um tempo em preparação para uma outra festa, que é a Páscoa, mas que seja um tempo realmente de compromisso cristão e de transformação de vida. Um grande abraço, que Deus abençoe a todos”.

 

Horários de missas

Na Diocese de Criciúma haverá celebrações em todas as paróquias e santuários. Na Catedral São José haverá celebrações em três horários: 7h15, 15h e 19h30.  Nos santuários diocesanos as missas também acontecem durante o dia e a noite. Em Araranguá, no Santuário Nossa Senhora Mãe dos Homens, a Santa Missa será realizada às 7h15 e às 20h. No Santuário D Sagrado Coração Misericordioso de Jesus, em Içara, a Missa com imposição das cinzas acontecerá às 6h, 15h e 19h30. Já na cidade de Nova Veneza, o Santuário Nossa Senhora de Caravaggio realizará as celebrações às 7h e 19h30.

 

Campanha da fraternidade 2024

Há 60 anos, o período da Quaresma no Brasil também é vivenciado em comunhão com a Campanha da Fraternidade que, neste ano, convida a refletir sobre “Fraternidade e Amizade Social”, tendo como lema “Vós sois todos irmãos e irmãs”, extraído do Evangelho de Mateus. O tema foi inspirado na encíclica ‘Fratelli tutti’, escrita pelo Papa Francisco, na qual o pontífice indica a fraternidade e a amizade social para construir um mundo melhor, pacífico e com mais justiça.

 

Fonte: Jornal Tribuna de Notícias

 

 

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis