terça-feira, 25 junho, 2024
Ultimas noticias

Qual a importância em vencer o Estadual?

Foto: Divulgação/Celso Luz

A chegada dos campeonatos estaduais dá início a temporada de futebol profissional no Brasil. Mas ganhar um estadual é importante? Se você ainda tem dúvidas é só analisar a classificação do último campeonato brasileiro. Dos quatro primeiros (Palmeiras, Grêmio, Atlético MG e Flamengo), apenas o Flamengo não venceu seu estadual, perdeu a final para o Fluminense, campeão da Libertadores da América.

Jogo fraco

O Criciúma entrou sábado para defender sua liderança em mais uma rodada. Com o empate entre Marcilio Dias e Avaí, as coisas pareciam mais fáceis, porem a competência do Nação ou a falta dela no Criciúma tornaram este caminho mais duro do que o esperado.

 

Excessos

 

Mesmo com o placar favorável, alguns pontos merecem ser destacados. O Criciúma precisa parar de perder gols como vêm acontecendo, não pode tomar sustos em bolas alçadas na área como vem tomando e não deve ser tão dependente de cruzamentos como opção de ataque.

 

Eu quero ver gol

Nas últimas rodadas vem se percebendo o excesso de gols perdidos pelo ataque tricolor e só no sábado, foram cinco chances claras frente ao goleiro adversário. O erro na tomada de decisão vem sendo uma das maiores razões já que equipe cria boas chances, mas peca na finalização da jogada. Na série A, oportunidades como estas perdidas podem custar caro.

 

A titularidade de Maia

Rodrigo e Maia voltaram a se entender com a chegada de Barreto. Porem se por baixo a zaga tricolor está impecável, as bolas aéreas ainda vêm assustando. O gol tomado na derrota para o Marcilio Dias e o milagre operado por Gustavo numa cabeçada do Nação em jogadas muito semelhantes são fatos preocupantes.  A titularidade de Maia para a série A ainda é muito questionada.

 

Ouro da casa

Muito se fala que cobrar uma boa atuação neste início, principalmente dos jogadores que vem de fora, seja precipitado. Mas o Adrianinho? Também não precisaria deste tempo? O garoto não chegou de outro país, contudo veio de outra categoria, e pior, de contusão. Entrou “a milhão”, foi para cima e jogou demais. O jogador que tem qualidade, já se vê nos primeiros toques na bola.

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis