domingo, 14 julho, 2024
Ultimas noticias

O lado bom das emoções “negativas”

A palavra emoção é derivada do latim movere, que significa mover, por em movimento. Um movimento de dentro para fora que tem como papel comunicar as nossas necessidades. Elas são reações em resposta a um determinado estímulo, tendo grande influência em nossas vidas.

Existem diferentes tipos, entre elas às emoções primárias ou inatas, que todos terão desde a infância (são universais) – alegria, tristeza, nojo, medo, raiva. Todas essas têm funções, nos ajudar de alguma forma.

ALEGRIA: reforçar as relações com as pessoas, expressar acontecimentos agradáveis, fortalecendo vínculos pessoais e sociais.

TRISTEZA: serve para manifestar a necessidade de cuidado. Além disso, permite a reflexão sobre o que fizemos ou o que aconteceu.

NOJO: serve para nos proteger de uma contaminação. Além disso, permite que a gente rejeite a atitude do outro quando discordamos ou quando não acontece de acordo com os nossos valores morais.

MEDO: serve para a proteção e preservação da nossa vida. Essa emoção faz com que você não se exponha ao perigo.

RAIVA: serve para protegermos o nosso território, o nosso espaço, as nossas coisas, etc. Ela também aparece quando você precisa dar limite ao outro.

Compreende como cada uma delas tem objetivos bem definidos?? Embora seja desagradável sentir emoções negativas, é importante aceitá-las para assim manejar de forma funcional. Lembrando que as emoções citadas são importantes, no entanto senti-las de forma excessiva merece atenção!! Como também a falta pode trazer prejuízos.

Além das emoções citadas a partir do momento em que crescemos, iremos desenvolver outras emoções, as secundárias que dependerão de fatores culturais (culpa, vergonha, ansiedade, etc).

Enfrente suas emoções e não finja que elas não estão ali. Lembre-se que elas estão aí para te ajudar, basta você manejar de forma de forma correta.

 

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis