Em operação no Iparque Unesc, estudos do IDT contribuem com o Sul catarinense

Foto: Divulgação

Instituto de Engenharia e Tecnologia colabora com a formação dos acadêmicos, desenvolve projetos de Pesquisa e atende a comunidade externa

Voltado à atividades ligadas aos cursos de graduação e pós-graduação stricto sensu, ou seja, programas de mestrado e doutorado, o Instituto de Engenharia e Tecnologia (IDT), localizado no Parque Científico e Tecnológico (Iparque) da Unesc, desenvolve, paralelamente, projetos de Pesquisa com fomento público e privado, além do atendimento à comunidade externa por meio de ensaios padronizados e consultorias.

O espaço é composto por laboratórios de ensino das engenharias, como Mecânica, de Materiais, Civil, Ambiental, Química, além do curso de Design e do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais (PPGCEM). 

“Além de auxiliar na formação acadêmica, o IDT, por meio do corpo técnico, desenvolve pesquisas voltadas ao desenvolvimento e melhoria de produtos e processos; suporte na execução de ensaios normatizados para materiais de construção civil, solos e pavimentação; caracterizações metalúrgicas, mecânicas, microestruturais, tribológicas entre outras, além de caracterizações de materiais cerâmicos, mineralógicos biomateriais e valorização de resíduos”, detalha o coordenador do IDT, Mateus Milanez.

Toda essa gama de serviços é desenvolvida em 30 laboratórios distribuídos em três prédios, somando cinco mil metros quadrados de área construída. O órgão possui ainda 10 técnicos administrativos, sete estagiários de engenharia, nove doutores pesquisadores do PPGCEM e bolsistas. “Além de capacitar os futuros engenheiros, mestres e doutores, o IDT possui diversas pesquisas que contribuem com a comunidade”, ressalta Milanez. 

Entre os estudos de destaque dos últimos anos, estão os projetos Ozônio, P&D Celesc e Pozolana, desenvolvidos em parceria com instituições federais, órgãos de fomento e empresas. “Suas prestações de serviço diretas à comunidade, por meio de ensaios padronizados, estão presentes nas principais obras da construção civil, indústrias de transformação e beneficiamento, fornecendo suporte às equipes de engenharia”, aponta. 

“A comunidade do Sul catarinense é beneficiada pelo IDT de forma diretamente pela execução de ensaios e pesquisas e indiretamente pela formação técnica dos engenheiros e pesquisadores que desenvolvem as atividades práticas no instituto”, acrescenta o coordenador.

Além do IDT, o Iparque da Unesc ainda é composto pelo Instituto de Pesquisas Ambientais e Tecnológicas (Ipat); o Instituto de Alimentos (Iali), além da Incubadora Tecnológica de Ideias e Negócios (Itec.in), do Centro de Pesquisa e Estudos Ambientais (Cpea) e do Centro de Engenharia e Geoprocessamento (Cegeo).

Para conhecer mais do IDT, a comunidade pode entrar em contato pelo e-mail idt@unec.net ou pelo telefone (48) 3444-3748. O atendimento para execução de ensaios ocorre em horário comercial e as visitas orientadas a colégios podem ser agendadas no instituto ou nos cursos de graduação.

Colaboração: Agecom

Gostou da notícia então compartilhe:

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis