Cooperaliança registra lucro superior a R$ 9 milhões em 2023

A Cooperaliança celebrou mais um ano de conquistas ao fechar 2023 com um lucro impressionante, ultrapassando R$9 milhões. Essa marca reforça o comprometimento e a eficiência da atual gestão da cooperativa, que tem se destacado no cenário energético nacional. Nos últimos cinco anos, a Cooperaliança investiu mais de R$45 milhões em melhorias significativas. Esses recursos foram direcionados para o fortalecimento da infraestrutura elétrica, renovação da frota, capacitação dos colaboradores e ações sociais na comunidade.

“Uma das mudanças mais perceptíveis é o fato de não faltar mais energia como antigamente, principalmente em datas festivas, quando acontece a sobrecarga na rede. Implementamos medidas para otimizar nossa distribuição e garantir um fornecimento constante e confiável. Essa conquista é fruto de um trabalho árduo e estratégico da nossa equipe”, coloca o presidente da Cooperaliança, Reginaldo de Jesus.

Um dos destaques de 2023, foi a compra de 13 religadores automáticos instalados estrategicamente em diferentes pontos da área de concessão. Esse investimento de R$1,6 milhões, representou um avanço tecnológico crucial no sistema elétrico da Cooperaliança. Esses equipamentos podem ser operados remotamente pelo Centro de Operação e Distribuição (COD) da cooperativa, fornecendo uma resposta mais ágil a eventuais falhas na rede elétrica e a diminuição do tempo de interrupção de energia, tudo isso sem a equipe se deslocar até o local.

No último processo de reajuste tarifário realizado em agosto do ano passado, a empresa conseguiu manter um efeito médio percebido pelo consumidor de apenas 1,69%, um dos menores percentuais do Brasil. Para os consumidores atendidos em Alta Tensão, a notícia foi ainda melhor, com um efeito médio de -2,88%, enquanto para Baixa Tensão foi de 4,16%.

A atuação estratégica da Cooperaliança em busca de energia mais barata, através do leilão promovido em julho de 2020, resultou em um impacto positivo de 0,49% no último reajuste tarifário. Essa iniciativa evidencia a visão de futuro da cooperativa, alinhada com as demandas de um mercado em constante evolução.

Outro investimento importante, foi a renovação total da frota, foram mais de R$4 milhões para garantir a eficiência logística e a prontidão para intervenções rápidas na rede. Os novos veículos são equipados com tecnologia de ponta para uma manutenção eficaz da infraestrutura.

Outros investimentos

Um dos primeiros investimentos feitos pela atual gestão, foi a ampliação da subestação Rincão, localizada em Sanga Funda. Foram 4,2 milhões, para duplicar a capacidade de carga de 26MVA para 52MVA. O benefício impactou em especial nos balneários durante a temporada de verão, já que a distribuição de energia era feita no limite suportado nesse período.

Transformadores e medidores de energia

Para aumentar a capacidade de carga, a confiabilidade e a eficiência do sistema como um todo, a diretoria investiu R$9,4 milhões na aquisição e atualização de transformadores, peças-chave na qualidade da distribuição de energia elétrica. Para uma leitura mais precisa do consumo e modernização no sistema, foram R$4,8 milhões na aquisição de medidores de energia.

Banca de Reguladores

Visando garantir a estabilidade e a qualidade do fornecimento de energia aos seus associados, a Cooperaliança investiu R$ 500 mil em equipamentos reguladores de tensão. A aquisição compreende a compra de seis reguladores de tensão, que formarão dois conjuntos de banco regulador.

Os reguladores de tensão têm a função vital de estabilizar a tensão, assegurando que os níveis estejam em conformidade com os limites estabelecidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Esta medida garante a integridade do sistema elétrico, evitando oscilações indesejadas que poderiam comprometer a eficiência e a segurança do fornecimento de energia.

Cooperando com a comunidade

Por meio do Fundo de Assistência Técnica Educacional e Social (Fates), nos últimos quatro anos, a Cooperaliança contribuiu para o desenvolvimento social ao destinar mais de R$4 milhões para projetos sociais em toda a área de concessão. Essa ação resultou em mais de 50 instituições beneficiadas, fortalecendo comunidades e construindo um futuro mais promissor.

Para o bem-estar da comunidade, a diretoria investiu em sete quadras esportivas localizadas na associação de funcionários da cooperativa. No local ficam disponíveis raquetes, bolinhas de beach, bola de futevôlei e parque para crianças, tudo de forma gratuita.

Projetos para o futuro

Além dos constantes investimentos na rede elétrica, a atual gestão está planejando a instalação de uma clínica médica exclusiva para atender os associados da cooperativa. O projeto está atualmente em fase de estudo, com uma análise detalhada das especialidades médicas que serão oferecidas, bem como a logística da clínica.

“Acredito que este projeto será um marco significativo, proporcionando acesso fácil e conveniente a serviços de saúde de qualidade para os associados. O foco é oferecer um atendimento abrangente, contemplando diversas especialidades para atender às necessidades variadas da comunidade”, afirma o presidente.

 

Colaboração: Talita Lima/Imprensa Cooperaliança

Gostou da notícia então compartilhe:

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis