domingo, 26 maio, 2024
Ultimas noticias

Contestar o bicampeonato do Criciúma é covardia

Questionar um título por um erro de arbitragem é um absurdo. Criciúma liderou o campeonato de ponta a ponta, certamente enquadrará oito jogadores na seleção da competição, teve o melhor saldo de gols, a defesa menos vazada, maior média de público e maior público. A conquista do campeonato catarinense é construída em 17 jogos e não em uma final isolada.

Venceu, mas não convenceu

Apesar do bicampeonato, o 12º título estadual e a confirmação de uma hegemonia dentro de Santa Catarina que tende a perdurar nos próximos anos, a torcida tricolor saiu bastante apreensiva desta final. Não só pela atuação deste jogo em particular, mas sim, analisando as últimas partidas do Criciúma. Principalmente já pensando no nível de competição que está prestes a enfrentar.

Gustavo está pronto para série A?

Gustavo é ídolo da torcida do Criciúma e está entre os maiores goleiros da história carvoeira. Liderança e peça fundamental nesta ascendente que vive o Criciúma é merecedor desta grande chance que é jogar uma série A. Porem existe ainda uma dúvida se estará Gustavo preparado para este desafio. Muitos acreditam que nosso arqueiro já chegou ao seu limite técnico e um melhor goleiro precisaria ser contatado.

Baratinhos

A falta de recursos somada a política cautelosa que vem assumindo a direção do Criciúma em mais uma competição, sugeri que não chegará nenhuma contratação de peso até o início da competição. Analisando o estadual catarinense, dois jogadores chamam a atenção tendo em vista as fragilidades visíveis do time de Tencati: Rodolfo Potiguar do Brusque e Pedrinho do Avaí.

Problemas claros

Muitos podem questionar a qualidade destes jogadores frente a outros atletas da série A. Porem analisando o que tem hoje Tencati no elenco, Rodolfo Potiguar poderia melhorar a saída de bola do Criciúma que é muito lenta e pouco criativa. Já com Pedrinho, o ataque tricolor, poderia ganhar velocidade e o drible. Não são craques, mas são opções baratas que condizem com a proposta tricolor para o brasileiro.

O cara de 2024?

Bolasie é a esperança do Criciúma no momento. Seria ele o grande nome carvoeiro para a série A? Expectativas são depositadas neste atleta. Yannic é um jogador que teve seu auge de 2013 a 2016, está mais velho, mas foi um grande jogador. Talvez não o melhor Yannic, mas o “médio” já seja suficiente para o Criciúma fazer um campeonato descente.

 

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis