terça-feira, 16 abril, 2024
Ultimas noticias

Volta às aulas: Como montar a lancheira do seu filho? 

Nutricionista do Colégio Satc dá dicas para os pais de uma alimentação saudável na escola 

 

Volta às aulas chegando e começam as dúvidas para o ano letivo. Além de material escolar e uniforme, a alimentação dos alunos precisa ser tratada com atenção. Para os pais, o cuidado e atenção já devem ser desde as férias, já que neste período a tendência é de uma alimentação mais “à vontade”. Com a volta da rotina escolar, os horários para a alimentação ficam mais restritos e os bons hábitos alimentares devem ser incentivados, principalmente para as crianças que estavam acostumadas a ter todas as refeições dentro da escola. É o caso dos pequenos que passam da Educação Infantil para o Ensino Fundamental.

Incentivar a alimentação saudável aliada com a prática esportiva, faz parte das diretrizes do Colégio Satc. O desenvolvimento corporal e cognitivo das crianças passa por diferentes fases e é papel da escola apresentar caminhos que possam contribuir para tal crescimento.

“A Satc tem um olhar muito atento para o contexto em que nossos alunos estão inseridos, pois muitos ficam o dia inteiro no colégio, assim o acompanhamento da nutricionista é muito importante, planejando um cardápio de merenda que agregue valor nutricional aos educados”, afirma a coordenadora do Ensino Fundamental do Colégio Satc, Sandra Marcon.

Os alunos que ingressam no Ensino Fundamental têm uma mudança expressiva quando se trata da alimentação, já que, agora, ao invés de terem as refeições no colégio, a lancheira trazida de casa é a principal aliada. Mesmo assim, o colégio oferece merenda nos recreios durante a semana.

“É importante frisar que não tem custo para os alunos que optarem por comer a merenda oferecida pela instituição. Nossos alunos são incentivados a comer a merenda, sugerimos que os pais também incentivem. E ressaltar que temos merenda para alunos com restrição a lactose e crianças seletivas aos alimentos, os pais podem estar mandando o lanche da criança”, destaca a coordenadora.

 

Montando a lancheira do seu filho 

Hábitos de uma alimentação saudável são incentivados durante as aulas para os alunos. A Satc possui nutricionista responsável pela seleção da merenda escolar, além de participar de projetos junto aos alunos. Mesmo assim, é fundamental a participação dos pais.

“Se você quer começar a enviar lancheira saudável para seus filhos, implemente esse hábito antes da volta às aulas. Inicie a oferta de coisas que ela comeria na escola já em casa, que é o local ideal para educar o paladar da criança”, avisa a nutricionista do Colégio Satc, Bruna Izidro.

Para ajudar os pais a incrementarem a alimentação, a nutricionista do Colégio Satc dá dicas para a hora de montar a lancheira dos filhos:

•            Incentive os pequenos a escolherem e participarem da preparação dos alimentos, mesmo que seja apenas ao colocar os itens nos potes ou dentro da lancheira térmica. Isso também ajuda na boa aceitação das refeições pelas crianças.

•            Considere o período na escola: se a criança fica em período integral, é preciso levar em consideração mais grupos alimentares. Caso ela fique meio período, o ideal é ser saudável, mas não necessariamente ser uma refeição completa.

•            Entenda o efeito dos alimentos no corpo. Carboidratos refinados em excesso, por exemplo, podem deixar as crianças agitadas, o que pode deixá-las com dificuldades de concentração na escola, pela necessidade de gastar energia. A regra é básica: equilíbrio! Já que o carboidrato é fundamental e não pode faltar. Sendo assim, dê preferência aos alimentos feitos em casa ou de forma artesanal, como pães, bolos e biscoitos, enriquecendo-os com fibras acrescentando sementes (chia, linhaça, granola, pepita de girassol) ou substituindo parte da farinha branca por farinha de aveia ou amêndoas ou coco, por exemplo. Tudo isso vai fazer com que o carboidrato seja de melhor qualidade e que ele forneça além de energia, outros nutrientes para a criança.

•            Proteínas são fundamentais, pois são construtoras e colaboram para a criança crescer e se desenvolver de forma saudável. Sugestões: queijos brancos, leite, iogurtes com poucos ingredientes (pois são os mais naturais), carne ou frango desfiado em sanduíches, sardinha, atum, castanhas.

•            Evite o envio de biscoitos recheados, salgadinhos, sucos de caixinha ou refrigerantes. Caso você compre alimentos industrializados, opte por opções mais limpas e com menos aditivos. Para isso, analise os rótulos, quanto mais ingredientes tiver, pior. Também evite aqueles com açúcar ou gordura nos três primeiros ingredientes.

•            Não se esqueça das frutas e de suas variedades! São um grupo importante para garantir que a criança receba as vitaminas e minerais que precisa. Inclusive, priorize deixar as frutas cortadas, prontas para o consumo. A aparência e praticidade são fatores determinantes para a criança ingerir determinado alimento.

•            Água não pode faltar! Inclusive, o hábito de acreditar que a criança precisa beber suco de fruta é um mito, esta não é a melhor forma de oferecer a fruta, pois no preparo perdem-se muitas fibras. A indicação é enviar sempre muita água na lancheira para a criança se hidratar.

 

Colaboração: Comunicação UniStac

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis