sábado, 13 julho, 2024
Ultimas noticias

Unesc entrega mais de 160 livros arrecadados para o Presídio Regional de Araranguá

A Unesc, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação, Inovação e Extensão (Propriex), da Diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias (Dirext) e Biblioteca Professor Eurico Back, efetuou na manhã desta quarta-feira (19/06), a entrega de mais de 160 livros para o Presídio Regional de Araranguá, arrecadados na campanha iniciada em abril junto aos acadêmicos e comunidade em geral.

Para a pró-reitora, Gisele Coelho Lopes, o empoderamento da sociedade se dá por meio da educação e os livros são essenciais para a transformação pessoal.

“Quando nós temos seres humanos que por alguma razão tiveram um desvio de conduta, eles precisam ter uma oportunidade de se reinserir na sociedade, de encontrar uma esperança no meio do caminho, e a Universidade tem a função de construir essas possibilidades. Os livros proporcionam uma mudança de dentro para fora para aquele que lê. Estamos felizes, pois entregamos esta contribuição para o bem da comunidade durante a semana do aniversário da nossa Universidade”, comentou a pró-reitora.

A Biblioteca Eurico Back, durante todo o ano letivo, realiza  e coordena diversas campanhas para arrecadação de obras. A última foi de livros infantis e infanto-juvenis para o Rio Grande do Sul.

“Disponibilizamos os livros graças às doações que recebemos. São diversos temas como: literatura em geral, espirita, norte-americana e de auto-ajuda.  A Biblioteca faz a separação e também doa exemplares em duplicidades. É muito gratificante para nós poder contribuir com o sistema prisional”, comentou a coordenadora da Biblioteca, Elisângela Just Steiner.

Acervo reforçado

Atualmente o Presídio Regional de Araranguá está com cerca de 360 apenados, sendo que desses, 160 participam do Projeto “Despertar Pela Leitura”. As caixas contendo os livros arrecadados foram entregues para os agentes prisionais, Vanessa Colares de Bittencourt e Daniel Possamai.

Segundo Vanessa, que também responde pela coordenação de Ensino e Promoção Social da unidade prisional, o projeto é destinado à diminuição de penas através da leitura.

“Esses exemplares reforçarão o acervo da nossa biblioteca, principalmente os exemplares de literatura. A doação será muito útil para o nosso público. Cada obra lida e resenhada e aprovada, concede ao preso quatro dias de remição da pena. Nós contatamos a Unesc, que nos deu o retorno e agora recebemos o material que será de extrema importância para a execução do projeto”, explicou a agente prisional

Lei de Execução Penal

Conforme o Artigo 126 da Lei, os condenados que cumprem pena em regime fechado ou semiaberto , que participam dos programas de Desenvolvimento Educacional no Sistema Prisional de Santa Catarina, têm um dia de pena reduzido a cada 12 horas de frequência escolar e quatro dias remidos para cada livro lido e resenhado pelo Projeto “Despertar Pela Leitura”.

Colaboração: Agecom 

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis