Unesc é reconhecida entre as dez universidades mais empreendedoras do Brasil

Foto: Divulgação

O Ranking Universidades Empreendedoras (RUE) é realizado pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores, a Brasil Júnior

A Unesc alcançou uma posição de destaque no Ranking Universidades Empreendedoras (RUE) de 2023, elaborado pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores, a Brasil Júnior. Ao garantir seu lugar entre as dez universidades mais empreendedoras do Brasil, além de conquistar o posto de instituição mais empreendedora de Santa Catarina, a Unesc reafirma sua dedicação contínua à inovação, ao empreendedorismo e à excelência educacional.

Segundo a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, a posição da Universidade no ranking reflete não apenas a qualidade do ensino, mas também o comprometimento em promover uma cultura empreendedora abrangente. “O empreendedorismo e a inovação estão no nosso DNA. Esta conquista é reflexo do esforço contínuo em elevar a qualidade do ensino, integrando uma abordagem empreendedora em todos os aspectos da formação acadêmica”, destaca a reitora.

O RUE é considerado o maior ranking brasileiro sobre universidades empreendedoras e é um indicador meticulosamente desenvolvido a partir de uma ampla coleta de dados provenientes de diversas fontes, incluindo pesquisas com estudantes, levantamentos realizados por acadêmicos voluntários (embaixadores) e análises de bases de dados complementares. Esses dados alimentam a avaliação das instituições em seis eixos principais: Cultura Empreendedora; Inovação; Extensão; Internacionalização, Infraestrutura; e Capital Financeiro.

Conforme a reitora, a Unesc não apenas busca incentivar o empreendedorismo como a criação de negócios, mas também promove uma mentalidade empreendedora que permeia a carreira dos acadêmicos. Enfatizando o conceito de “a carreira como o maior negócio”, a Instituição concentra-se em proporcionar aos seus estudantes uma formação holística, orientada para a resolução de problemas e a capacidade de inovar em diversas áreas profissionais, por meio da Graduação Multi.

“Essa conquista é um testemunho da abordagem multidisciplinar da Universidade, que valoriza a experiência prática e a resolução de problemas como componentes essenciais da formação acadêmica”, reforça a reitora.

Ranking

Na edição de 2023 do ranking foram analisadas 108 Instituições de Ensino Superior (IES) do país. A Brasil Júnior, organização sem fins lucrativos que representa estudantes inseridos em empresas juniores, produz o Ranking desde 2016. Todas as universidades do país são convidadas a participar, o que proporciona uma representação abrangente da situação empreendedora na Educação Superior.

Segundo o documento que apresenta o Ranking, o Movimento de Empresas Juniores (MEJ), define uma universidade empreendedora como uma comunidade acadêmica inserida em um ecossistema favorável ao desenvolvimento da sociedade por meio de práticas inovadoras. Isso requer uma postura empreendedora, caracterizada pela proatividade na resolução de problemas, disposição para assumir riscos e aproveitar oportunidades.

Colaboração: Agecom

Gostou da notícia então compartilhe:

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis