Home Saúde Médicos anunciam paralisação no Hospital São Donato

Médicos anunciam paralisação no Hospital São Donato

616
COMPARTILHAR

Dentro de 30 dias, os serviços de obstetrícia, ginecologia e berçário devem ser paralisados no Hospital São Donato. A decisão dos médicos foi tomada na terça-feira, dia 11, em reunião conjunta dos departamentos de obstetrícia e de pediatria da única unidade hospitalar do município. A situação é válida para os atendimentos de urgência, emergência e eletivos.

O movimento é motivado pela falta de pagamento, por parte do hospital, dos últimos 12 meses de honorários médicos de produção; os atrasos frequentes do pagamento de plantões e sobreavisos, sendo que no mês de maio não houve este repasse; não cumprimento do aumento da hora/sobreaviso de berçário, conforme acordado há três anos. “A gente somente quer receber o que é nosso de direito. Não há ninguém que trabalha um ano sem receber”, argumenta a pediatra Kamile Bonazza.

O valor para o pagamento da produção aos profissionais deveria ter sido repassado pelo Governo do Estado ao Hospital São Donato. “Eles não receberam aquilo que foi trabalhado. Estamos conversando, para ver o que é possível fazer, estamos inclusive aguardando a entrega de toda a documentação, mas esta é uma situação que eles estão no seu direito”, entende o gerente administrativo do hospital, Júlio De Luca.

Na última semana, representantes do Hospital São Donato, acompanhados por vereadores e demais lideranças políticas, estiveram em Florianópolis, em audiência na Secretaria de Estado da Saúde. Entre as reivindicações apresentadas, esteve o pagamento dos valores que devem ser direcionados aos funcionários. E por parte do secretário Vicente Caropreso, houve o compromisso para o pagamento.

 

Especial Jornal Gazeta

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here