Home Política Ronaldo Benedet busca alternativas para rizicultores da região Sul

Ronaldo Benedet busca alternativas para rizicultores da região Sul

53
COMPARTILHAR

Como membro da Frente Parlamentar da Agricultura e dos Rizicultores, o deputado federal Ronaldo Benedet foi procurado na última semana pelo prefeito de São João do Sul, Moacir Teixeira, pelo vice-presidente da Cooperativa de Eletrificação Rural de Praia Grande, Edevaldo Sala Sheffer, o empresário Ronaldo Carlessi, além do rizicultor, Marcio Grey Magnos e demais rizicultores da região Sul de Santa Catarina sobre a crise do setor, provocada pela importação do cereal do Uruguai.

Assim que cobrado pelo setor, Benedet solicitou ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento uma solução imediata e foi informado nesta semana que o Governo vai liberar R$ 100 milhões para apoiar a comercialização do arroz, por meio dos mecanismos de Aquisições do Governo Federal – AGF – e dos prêmios de Escoamento do Produto – PEP – e Equalizador Pago ao Produtor – Pepro.

“Esta crise no setor, e a compra do arroz do Uruguai está ocasionando uma queda no preço do produto no Brasil e colocando em dificuldades milhares de produtores do nosso estado, principalmente de nossa Região, por isso, levamos essa situação ao ministro”, destaca Benedet. O primeiro leilão de PEP e Pepro está previsto para ser realizado em fevereiro, antes da abertura oficial da colheita do arroz, marcada para os dias 21, 22 e 23 de fevereiro. No total, os pregões ofertarão um milhão de toneladas para esses dois mecanismos e 200 mil toneladas para AGF. O volume representa quase 15% da produção gaúcha e catarinense.

O governo pretende com os leilões garantir o cumprimento da Política de Garantia de Preços Mínimos, para que nenhum produto seja vendido abaixo do mínimo estabelecido. Além disso, o governo irá contribuir para o que produtor possa equilibrar suas contas. Na próxima quarta-feira, o deputado Ronaldo Benedet tem audiência com o ministro Blairo Maggi para discutir a reivindicação do setor que solicita leilões de AGF (Aquisição do Governo Federal). Benedet também levará o assunto para o ministro da Fazenda Henrique Meirelles, na terça-feira, dia 6.

 

Colaboração: Franciele Fernandes

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here