Via Entidades possibilita construção da casa própria

    5
    COMPARTILHAR

    Quem tiver renda máxima de R$ 1,6 mil, terreno escriturado na área urbana e não ter utilizado nenhum serviço assistencial de habitação pode realizar o sonho da casa própria através do Projeto Via Entidades, do Governo Federal. A proposta viabilizada por meio do Programa Minha Casa Minha Vida e da Associação para o Desenvolvimento Habitacional Sustentável de Santa Catarina (Adehasc) foi apresentada para 40 famílias cadastradas na noite de terça-feira, dia 10.

    A Secretaria de Assistência Social, Habitação, Trabalho e Renda de Içara já anunciou a abertura das inscrições para um novo grupo de 50 famílias que segue até o mês de maio. O processo segue o trâmite de cadastramento, entrega de documentação, aprovação e a construção do imóvel que leva entre 12 e 18 meses.

    “Esta é mais uma das propostas de baixo custo, viabilizadas pelo governo federal, que possibilita sair do aluguel. Que esta casa seja motivo de muitas alegrias na vida de cada um de vocês”, assinada o prefeito Murialdo Gastaldon. “A proposta visa reduzir o déficit habitacional que hoje é de aproximadamente 1,5 mil famílias. Com os demais projetos habitacionais em andamento pretendemos entregar, no período de um ano, uma casa por dia”, completa a secretária Juci Fernandes.

    As moradias terão entre 47,82m² e 51,30m² de acordo com alguns detalhes técnicos pré-estabelecidos. “As residências serão construídas no modelo padrão do Governo Federal e a prestação mensal será de 5% da renda bruta familiar, ou seja, no mínimo R$ 25 e no máximo R$ 80 por mês, em um prazo de 120 meses”, ressalta o diretor de articulação da Adehasc, Gustavo Barretto,

    Para Gesilda Schmitz Cardoso, pensionista, a proposta contribui muito com a realização de um sonho. “É a realização de um sonho. Um projeto de vida que está saindo do papel e que cabe no orçamento da família. Estamos felizes demais”, comemora.

     

    Colaboração: Imprensa PMI