Queiroz responde protesto e torcida se revolta no HH

    5
    COMPARTILHAR

    Com o segundo gol do JEC, a derrota decretada e um jogador a menos em campo, a torcida do Criciúma se revoltou. Com vaias e xingamentos, os torcedores se aproximaram dos camarotes para tentar chamar a atenção do executivo de futebol do clube, Raimundo Queiroz.

    O cartola respondeu com gestos obscenos e engrossou a revolta da torcida, que deu início a uma confusão nas arquibancadas. Os torcedores, de costas para o campo, se avolumaram embaixo dos camarotes. Alguns deixaram o estádio e se puseram a esperar o executivo de futebol do clube do lado de fora, enquanto outros foram contidos por seguranças do clube. A Polícia Militar entrou em ação e dispersou boa parte dos torcedores que estavam protestando no pátio do estádio. 

    Completamente alheios ao jogo, os torcedores pararam os xingamentos e começaram a gritar "volta, Rampinelli", em referência ao diretor de Futebol responsável pelo acesso do clube à Série A em 2012, Waldeci Rampinelli.

     

    Colaboração: Kiara Domit/Agência RBS Foto: Caio Marcelo