Metalúrgicos rejeitam proposta e iniciam paralisação

    9
    COMPARTILHAR

    Com a rejeição da última proposta patronal de 7,5% de aumento geral e no abono, os metalúrgicos paralisaram o trabalho inicialmente em cinco empresas nas primeiras horas desta quarta-feira, dia 11. A decisão foi tomada em assembleia realizada na noite de ontem.

    Os trabalhadores reivindicam 6% de aumento real e 6,22% da inflação do período. “Com a negociação fechada pelo patronal foi aprovada a greve”, pontua o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos, Francisco Pedro dos Santos.

    O sindicato representa cerca de sete mil trabalhadores entre Passo de Torres e Braço do Norte. Içara está entre os município com as maiores empresas.

     

    Colaboração: Maristela Benedet