Home Geral Caçador busca informações sobre o Família Acolhedora

Caçador busca informações sobre o Família Acolhedora

11
COMPARTILHAR

Em funcionamento há 10 anos em Içara, o programa Família Acolhedora se tornou referência para municípios catarinenses, dentre eles Caçador, que enviou a equipe da Secretaria de Assistência Social na busca por informações e troca de experiências nesta quinta-feira, dia 19.

Os profissionais visitantes têm como objetivo retomar o programa na cidade. “Toda informação e conhecimento que pudermos levar para oferta do serviço com excelência será buscado”, coloca a secretária visitante, Beatriz Ribeiro dos Santos. “O Ministério do Desenvolvimento Social estará se baseando em Içara para fazer uma reformulação no serviço a nível nacional”, completa a psicóloga de Caçador, Ecilda Maria Padilha.

Para o psicólogo do Creas de Içara, Luis Claiton Medeiros Ehlers, é o reconhecimento de um trabalho longo, feito em rede, e de muita dedicação. “Todo o andamento do serviço de acolhimento é, por muitas vezes, doloroso, mas necessário. São meses de envolvimento de muitas pessoas. O trabalho funciona com a parceria de diversos setores”, assinala.

Içara já contou com 46 crianças e adolescentes acolhidos em 2007 e hoje são apenas dois, um menino de quatro anos e um adolescente que já passou por capacitação profissional. “Nossa equipe se reúne com as famílias acolhedoras bimestralmente e ainda realizamos encontros individuais sempre que necessário. É uma maneira de fortalecermos os vínculos e mantermos a proximidade”, destaca a pedagoga do Creas, pedagoga Ana Maria da Rosa Pereira. O município tem atualmente cinco famílias acolhedoras cadastradas.

 

Colaboração: Imprensa PMI