Home Geral Após campanha de prevenção, estelionato tem queda de 28% na média móvel

Após campanha de prevenção, estelionato tem queda de 28% na média móvel

27

A campanha de prevenção ao crime de estelionato, lançada pelo Governo do Estado em 18 de agosto, contribuiu para uma redução de 28% no número de casos registrados diariamente. A média de sete dias, quando do lançamento da campanha “Desconfie sempre, não caia em golpes”, era de 187 casos; em 30 de setembro, esse número caiu para 135. A incidência de golpes virtuais tinha registrado aumento de 85% com o isolamento social, em decorrência da pandemia.

Os dados são analisados todas as semanas pelo Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial de SC e, para esse crime, segundo pesquisa da Diretoria de Inteligência e Estatística (DINI) da Secretaria de Segurança Pública, 97% deles não teriam ocorrido se a potenial vítima tivesse algum conhecimento sobre os golpes. “Vamos continuar monitorando os números e, caso seja necessário agirmos com outras ações, assim faremos”, afirmou o presidente do Colegiado, Coronel BM Charles Alexandre Vieira.

De acordo com levantamento feito pela DINI, os golpes mais recorrentes em Santa Catarina continuam sendo: clonagem do WhatsApp, anúncio de compra e venda de veículos, duplicação de perfil de WhatsApp, compras pela internet de maneira geral, falso empréstimo, clonagem de cartão e anúncio de imóveis. No site da Polícia Civil, a população tem acesso à cartilha informativa contendo os principais golpes realizados no estado, dicas de como se prevenir de cada um deles e orientações de como agir, caso a pessoa já tenha sido vítima.

Colaboração: Assessoria de Imprensa – SSP/SC