Home Economia IPTU de Içara pode ser pago em cota única até o dia...

IPTU de Içara pode ser pago em cota única até o dia 18 de fevereiro

364

Todos os contribuintes recebem 5% de desconto a vista, já os cidadãos que estão em dia com o município recebem mais 5%, totalizando 10%.

Os contribuintes de Içara terão até o dia 18 de fevereiro para realizar o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em cota única ou então quitar a primeira parcela. As demais faturas podem ser parceladas em até 5x. O desconto em conta única, para todos os proprietários de imóveis, é de 5%, já os que estão em dia, e querem optar pela quitação em uma fatura única, terão mais 5% de abatimento no valor, totalizando 10%.

Os boletos para o pagamento do IPTU estão disponíveis no site da prefeitura: icara.sc.gov.br ou no guichê que fica dentro do Paço Municipal Ângelo Lodetti. O atendimento do setor de arrecadação ocorre de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Os contribuintes que não pagarem o tributo serão inscritos em dívida ativa e os valores acrescidos de multa e juros.“Hoje são 24.834 contribuintes no município, desses, 16.817 predial urbano e 8.017 territorial urbano. Nossa estimativa é que o município arrecade mais de 10 milhões com os tributos. Lembrando que 50% do valor são destinados ao hospital São Donato, já o restante dos recursos são investidos em melhorias para a cidade, ou seja, voltam para o cidadão”, disse o secretário da fazenda de Içara, Márcio Folis.

Isenção pode ser solicitada no Paço Municipal

O contribuinte com idade igual ou superior a 60 anos, que seja aposentado ou pensionista, e que possua um único imóvel, sendo este sua residência permanente, com área de até 1.000,00m, cuja renda familiar não ultrapasse três salários mínimos, piso nacional, pode solicitar isenção de tributo no guichê, instalado no Paço Municipal. Os cidadãos precisam levar cópia do RG, CPF e comprovante de residência. A prefeitura está localizada na Praça Presidente João Goulart, nº 120, Centro. Vale lembrar que os isentos devem solicitar isenção todos os anos, a isenção não é vitalícia. 

Colaboração: Decom de Içara