Home Economia Após dois anos, Içara busca retomar coleta seletiva

Após dois anos, Içara busca retomar coleta seletiva

195
COMPARTILHAR

A taxa de lixo vinha sendo deficitária para cobrir os custos no município de Içara. Mas após algumas ações, este panorama começa a mudar e, diante disso, já há a projeção de ir além e a cidade voltar a ter a coleta seletiva, serviço que chegou a ser iniciado, mas que há cerca de dois anos não é mais prestado. Inclusive, a intenção é implantá-la no máximo até janeiro, sem ser deficitária.

“Conseguimos o ponto de equilíbrio para a coleta de lixo neste ano, através de uma série de atividades. Não apenas o aumento do valor da cobrança, mas outros fatores nos ajudaram, como o recadastramento, pois havia um número grande de pessoas que não pagavam, por falha da prefeitura. E agora estamos buscando gerar o superávit para que ele seja utilizado na implantação da coleta seletiva”, informa o secretário municipal de Fazenda, Eduardo Rocha.

Ele ressalta que a busca pelo aumento na receita para a implantação do serviço é uma das prioridades. Rocha explica que o investimento para realizar a coleta seletiva é de R$ 42 mil mensais, e inclusive já houve um processo licitatório para definir a empresa que deve realizar o serviço. “É uma empresa que já tem todo o equipamento necessário e conta com equipe para isso”, pontua.

Conforme o secretário, houve inicialmente uma projeção para que o serviço fosse implantado ainda no segundo semestre deste ano, tanto que houve todo o processo licitatório. Porém, sem a garantia que houvesse os recursos necessários, a implantação acabou ficando para janeiro, a tempo de alcançar o equilíbrio financeiro. “Mas início de 2018 é o nosso foco. Queremos chegar a ter este valor para implantar o serviço. Vai sair de qualquer jeito”, assegura Rocha.

 

Especial Jornal Gazeta

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here