quarta-feira, 29 maio, 2024
Ultimas noticias

Central Semafórica será instalada para otimizar trânsito em Criciúma

Edital para a compra dos materiais e contratação da empresa especializada será lançado em abril

 

Com o objetivo de otimizar a fluidez do trânsito e proporcionar mais segurança para a população, Criciúma contará com uma Central Semafórica. O projeto visa modernizar os semáforos na área central da cidade, e integra o Plano de Mobilidade Urbana Municipal, instituído pela lei n° 8511, de 14 de dezembro de 2023. O edital para a compra dos materiais e contratação da empresa especializada para implantação da sinalização semafórica será lançado em abril, no Diário Oficial Eletrônico (DOE) e no Portal da Transparência do município de Criciúma.

A proposta da Administração Municipal é seguir a linha de desenvolvimento consciente e tecnológico a qual a cidade tem adotado nos últimos meses, com o programa Criciúma Sustentável. Os recursos para implantação da nova tecnologia nos semáforos são oriundos do Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), operação de crédito externo no valor de US$ 25 milhões. Em reais, foram R$ 130 milhões destinados para a continuação do binário da Avenida Santos Dumont, ciclovias/faixas espalhadas por diversos pontos e a instalação da Central Semafórica, com a Onda Verde na Avenida Centenário.

A abertura da licitação e implantação dos novos equipamentos está prevista para maio. O prazo de execução dos trabalhos será de 90 dias. Atualmente, a prefeitura trabalha para garantir a instalação do melhor molde de Central Semafórica para Criciúma, por meio de um estudo que analisa todos os semáforos e cruzamentos com maior fluxo de veículos do município. De acordo com o secretário-geral da prefeitura e coordenador do programa Acelera Criciúma, Arleu da Silveira, a análise está 70% concluída.

“É importante ressaltar, também, que essa análise foi precedida pelo criterioso estudo do Plano de Mobilidade Urbana, que se mostrou extremamente importante para entender melhor como funciona o tráfego na cidade, por meio de contagens realizadas nas ruas e avenidas, para definir, por exemplo, em quais locais é necessário sincronizar a chamada Onda Verde”, explicou.

Funcionamento da Central Semafórica

O projeto consiste na substituição dos atuais semáforos analógicos de Criciúma por uma tecnologia inteligente, que permitirá a comunicação em tempo real com a Central Semafórica. O fluxo será monitorado por técnicos de tráfego da Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT). A nova tecnologia permitirá que os semáforos ajustem automaticamente os tempos de sinalização de acordo com as condições de tráfego em tempo real, reduzindo os congestionamentos e o tempo de espera nos cruzamentos, podendo melhorar até 30% a fluidez do trânsito.

Em caso de acidentes, as mudanças e intervenções poderão ser solicitadas diretamente por meio da central, sem a necessidade do deslocamento da Polícia Militar ou agentes de trânsito. Além disso, o operador da central poderá determinar Onda Verde em horários de pico. O principal objetivo é evitar que o semáforo acumule veículos desnecessariamente, enquanto faixar conflitantes possuem baixo fluxo. “O sistema semafórico centralizado permitirá uma gestão mais eficaz do tráfego em toda a cidade, possibilitando a coordenação de fluxos de veículos em áreas congestionadas e a priorização de rotas de transporte público”, ressaltou Silveira.

 

Colaboração: Decom PMI

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Mais lidas da semana

Noticias em destaque

Noticias

Outros links uteis